AirPod Pro começa a ser vendido por R$2.200 no Brasil

Ter como ouvir suas músicas favoritas em qualquer lugar é algo que todos queremos. Seja em um notebook, um celular ou tablet, ouvir uma boa música é algo imprescindível.

Pensando nisso, os fones de ouvido foram ganhando espaço no mercado tecnológico e hoje em dia, dificilmente alguém não tem pelo menos um fone.

Com isso, nesse post, vamos abordar o novo lançamento da Apple, o AirPod Pro, além de, antes desse lançamento, explicar como e quando surgiu a primeira versão do AirPod.

Ouça músicas sem travar no Spotify ou Deezer com a Internet da Claro!

Surgimento do AirPod

A Apple anunciou o lançamento de seu fone de ouvido, o AirPods, em 2016 junto com o lançamento do iPhone 7.

Seu valor de custo girava em torno de R$1399,00 e, apesar de seu preço, foi um grande sucesso de venda, tendo mais de 25 milhões de vendas.

A característica marcante dos AirPods, bem como sua versão mais recente, os AirPods Pro, é por ele ser um fone sem fio, pode-se dizer, inclusive, que foi um dos primeiros fones de ouvido sem fio que foram desenvolvidos.

Após esse lançamento, marcas como Samsung, JBL e Xiaomi, entre outras, lançaram seus concorrentes.

Como funciona um fone de ouvido sem fio?

Seja o fone de ouvido comum como os AirPods Pro ou um headset (aquele maior), os fones sem fio funcionam via bluetooth, isto é, ao invés de ter um fio conectando o dispositivo ao fone, basta apenas que o dispositivo, seja ele um notebook, um tablet ou um celular, tenha a função bluetooth.

Com a função ligada, basta configurar corretamente o fone e ele estará funcionando perfeitamente.


Figura 1: AirPod com estojo de carregamento. Site da Apple

Desenvolvimento e lançamento do AirPod Pro

Como a versão original foi um grande sucesso, a Apple ouviu as sugestões e críticas dos consumidores e desenvolveu uma versão aprimorada de seus fones de ouvido.

O resultado foi os AirPods Pro, que chegaram às vendas no Brasil no mês passado (18 de dezembro).

Seu valor é mais caro que a primeira versão, no entanto, a tendência é que o preço diminua. Atualmente ele está disponível nas lojas por cerca de R$2299,00.

Por ser uma versão melhorada de seu antecessor, os AirPods Pro, ele apresenta várias melhorias como:

  • Cancelamento de ruído (barulhos externos);
  • Borracha de silicone para facilitar o ajuste ao ouvido;
  • Design discreto.

Apesar de apresentar o cancelamento de ruído, a Apple inseriu uma função chamada “modo ambiente” que permite o contraste entre sons externos e o que o usuário estiver ouvindo.

Seu lançamento nos Estados Unidos ocorreu dois meses antes da chegada aqui no país. Lá, os AirPods Pro custavam em torno de R$1600,00.

Como todo fone via Bluetooth, ele precisa ser recarregado e, pensando nisso, a Apple insere em sua venda, além do fone, um estojo de recarga sem fio, um chip H1 que facilita a conexão via Bluetooth com aparelhos Apple (iPhone, Apple Watch e Macbook). Além disso, a versão Pro também pode ser utilizada com aparelhos Android.

Por falar em bateria, os AirPods Pro possuem uma bateria com carga para durar aproximadamente 24 horas.

Principais diferenças entre AirPod e AirPod Pro

No site da Apple é possível observar as principais diferenças entre as duas versões do fone de ouvido sem fio. São elas:

  • A versão Pro apresenta encaixe personalizável, enquanto que a versão normal o encaixe é universal;
  • A primeira versão não possuía a opção de cancelamento de ruído;
  • Ambas as versões possuem o chip H1;
  • Ambas as versões possuem integração com a Siri (inteligência artificial da Apple);
  • A primeira versão não era resistente à água e suor, enquanto que os AirPods Pro são resistentes (aqui cabe ressaltar que tudo possui um limite!);
  • A duração da bateria dos AirPods Pro com uma recarga são aproximadamente 4 horas e meia, enquanto que a duração da primeira versão são 5 horas;
  • Se carregados no estojo, ambas as versões duram mais de 24 horas de bateria;
  • A primeira versão possuía duas opções de estojo de recarga: sem fio ou tradicional (com fio), enquanto que a versão Pro possui apenas a versão sem fio.

Outra diferença notável está no design: a versão antiga era mais comprida, enquanto que a versão Pro apresenta um tamanho mais reduzido.

Figura 2: AirPods Pro. Site da Apple

Para quem é os AirPods Pro?

Os AirPods Pro são para aquelas pessoas que utilizam um fone de ouvido sentado, escrevendo algo ou apenas relaxando, pois se corre o risco de, por exemplo, estar praticando uma atividade física intensa como musculação ou corrida e o fone cair sem ao menos perceber. Isso se deve ao seu comprimento mais curto que a versão anterior.

É uma pessoa que viaja muito em aviões ou precisa de concentração no trabalho?

Então invista nesse fone, pois com o cancelamento de ruído, qualquer barulho externo é cancelado.

Conclusão:

Para fins de conclusão, os fones de ouvido AirPods Pro estão disponíveis em diversas lojas do Brasil, além da loja online da Apple.

Então, espero que tenham gostado e comentem se já compraram e suas experiências!

Published by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *